Entenda de vez os diferentes tipos de isca artificial

 

Hoje em dia, a isca artificial pode ser feita em praticamente qualquer cor, forma e tamanho que você possa imaginar. Como tal, é fácil ficar sobrecarregado com o grande número de opções disponíveis no mercado. Para te ajudar, aqui estão algumas das categorias mais comuns de iscas artificiais e quando elas devem ser usadas.

Existem muitos tipos diferentes de iscas artificiais, com seus próprios usos e táticas especiais associados, dependendo de onde você esteja pescando e que tipo de peixe você está tentando fisgar.

O tipo de isca artificial que você escolher pode fazer ou estragar sua pescaria, por isso é importante entender como cada material funciona e que ocasião os usar.

Aqui estão alguns dos tipos mais comuns de iscas artificiais, bem como as situações em que elas funcionam melhor.

 

 

Isca artificial de superfície

Geralmente são produtos desenvolvidos para ter uma alta flutuabilidade. Ou seja, iscas que ficam na superfície, à vista do pescador.

Diferente de outras categorias, para utilizá-las é preciso ter um bom domínio de molinete e carretilha. Os movimentos são necessários para que os animais se sintam atraídos, chegando bem próximos à superfície da água.

Além disso, seu tamanho varia entre 20 a 30 CM de profundidade, permitindo que os pescadores vejam de perto o ataque dos peixes.

Veja alguns dos principais tipos de isca artificial de superfície:

 

 

1. Stick

A isca artificial Stick basicamente imita o nado de um peixe ferido. Assim é possível atrair a atenção dos predadores que a veem como uma presa fácil.

É importante que o pescador saiba manuseá-la para garantir o máximo de eficiência. Uma dica é trabalhar a vara com pequenos toques – bem similar a um peixe agonizando.

Seu uso não é indicado em locais com ventania. A água agitada terá um efeito contrário entre pescar um peixe ou ficar sentado esperando que algo aconteça.

 

 

2. Zara

A isca artificial Zara é outra opção para uma pesca na superfície. Ela tem esse nome devido ao movimento em Z criado pela mesma na água.

Os motivos? Ao dar pequenos toque de ponta de vara e recolhimento contínuo, a isca reproduz um efeito ziguezague, muito importante para atrair peixes como o dourado, tucunaré, Black Bass e traíra.

Além disso, manter a ponta da vara posicionada para baixo, contribui para que a isca reproduza um peixe caçando.

Se você é um pescador mais ávido, basta alternar a velocidade de acordo com o seu objetivo. Recolhimento rápido gera a sensação de pequenos peixes em fuga; recolhimento lento, cria movimentos mais amplos e pausados.

 

 

3. Hélice

Hélice costuma-se ser um pouco diferente do que uma isca artificial como Zara ou Stick, geralmente se adaptam bem quando trabalhadas de forma rápida e contínua. Por isso, podem ser mais cansativas do que as primeiras opções.

Uma curiosidade a respeito delas é justamente as hélices, componentes fundamentais para fazer o barulho que atrairá os peixes até a superfície.

 

 

4. Popper

Popper pode ser usada tanto em superfície quanto em meia água. Além disso, é uma isca artificial com boca chanfrada – um peixe de borracha que esconde seu anzol e se contrai quando fisgado.

Se utilizada com os movimentos corretos, a isca reproduz um pequeno peixe caçando na superfície.

Atrai muitos predadores como Matrinchã, xaréu, trairão, trairá e dourado.

 

 

Isca artificial de meia água

É como o próprio nome sugere, iscas feitas para trabalhar entre a superfície, a 1,20 metros de profundidade.

Um aspecto notável desse tipo de isca artificial são as suas barbelas que reproduzem o movimento dos peixes dentro d’água.

Elas são as menos utilizadas na pescaria, mas possuem um alto potencial de fisga. A razão para isso é simples: sem habilidade, dificilmente puxará algum peixe da água.

O truque é equilibrar os toques com a carretilha ou molinete próximo ao peso da isca. Isso é essencial para facilitar na hora de fisgar os peixes.

As principais da categoria, são:

 

 

1. Sinking

A artificial Sinking são iscas que afundam quando estão em repouso (isto é, paradas na água).

Elas são bastante indicadas para locais mais profundos – geralmente abaixo de 1 metro da superfície – ou quando os peixes estão com baixa atividade, manhosos.

 

 

2. Floating

A principal caraterística da isca Floating é a sua flutuabilidade. Elas podem tanto flutuar (ação floating) quanto afundar (ação sinking) de forma rápida.

Assim, quando é feito o recolhimento da vara, ela tende a voltar para a água. À medida em que o recolhimento para, a isca volta a flutuar.

 

 

3. Twitch Bait

A Twitch Bait é uma das iscas de maior sucesso entre os pescadores, especialmente na pesca de tucunaré usando uma famosa técnica conhecida pelos pescadores como “catimbinha”.

Também chamada como isca de nado errático ou isca artificial de sub-superfície, ela exige do pescador um maior controle no trabalho de toque de ponta de vara. Afinal, quando paradas, flutuam na posição horizontal.

Durante o recolhimento da carretilha, estas iscas conseguem nadar de forma errática abaixo da superfície. É um movimento interessante para os peixes predadores.

 

 

Isca artificial de fundo

Estes são produtos com variações das iscas de barbelas, tendo como principal característica uma barbela longa na parte inferior da cabeça.

A isca artificial de fundo é como o próprio nome diz: iscas usadas para buscar peixes nos locais de maior profundidade, como parcéis, rochas, tocas ou mesmo em situações típicas de mudanças térmicas quando não estão muito ativos.

Uma isca artificial de fundo pode ultrapassar facilmente os 2 ou 4 metros de profundidade, sendo, portanto, bastante indicada em rios ou lagos com leito limpo.

Bora destrinchar os principais da categoria? Confira:

 

 

1. Colher

Estas iscas possuem um corpo metálico que chama a atenção dos peixes pelo reflexo na água.

Ao usá-las, devem ser trabalhadas com recolhimento contínuo e em velocidade lenta para evitar que a isca gire e torce a linha.

É indicado para pesca de peixes como Dourado e Matrinchã.

 

 

2. Jig

Uma isca artificial Jig possui cabeça de chumbo e barbelas que atraem os peixes com movimentos similares à cauda.

O mais comum desta isca é a movimentação vertical com toques mais leves de ponta de vara, ao atingir a profundidade desejada. É bastante indicada para peixes como a garoupa e tucunarés.

 

 

Pró Pesca: a melhor loja de artigos para pesca do país

A Pró Pesca possui um extenso catálogo, com artigos de vestuário, desde camisas de pesca, a iscas artificiais para peixes.

Além de oferecer muitas opções para as melhores roupas, também possuímos acessórios e equipamentos para que você fique mais confortável em suas expedições de pesca.

Vendemos apenas produtos da mais alta qualidade para que você possa ter a melhor experiência possível durante a atividade.

Quer mais? Nosso time está sempre disponível para ajudá-lo a encontrar o produto perfeito para atender às suas necessidades. Oferecemos preços competitivos para que você possa obter o melhor valor pelo seu dinheiro, sem se preocupar com taxas surpresas.

Para saber mais, acesse agora mesmo nosso site e leve seu Kit de pesca para o próximo nível!

Sobre a loja

A mais de 13 anos no mercado atendendo com excelência os pescadores esportivos. A maior loja de Artigos para Pesca Esportiva de Campinas e Região. Tudo para pesca em pesqueiros, pesca oceânica e pesca de tucunáres. Confira as condições de frete grátis em nosso site e conte com uma entrega ágil e segura.

Pague com
  • Pagar.me V2
  • proxy-pagarme-v4
Selos
  • Site Seguro

Pró Pesca Comércio e Materiais para Pesca Ltda - CNPJ: 11.128.003/0001-21 © Todos os direitos reservados. 2024